Mar 29, 2017

Curitiba, você foi sonhada por várias mentes criativas, por isso é transformação diária, é reflexo dos que foram, dos que são, dos que passam, daqueles que vivem e que te sentem. Cada época que você passou, te marcaram, ainda bem, com uma arquitetura. Cada traço rabiscado em centenas de inúmeras pranchetas, foram extensão de olhares e corações encantados por você. Suas inúmeras formas, são obras, são beleza, são moradia, de nossos corpos e almas.

Selecionei algumas destas obras, belezas e arquiteturas que distintamente e em locais diversos, criam e dão vida para nossa cidade, aqui estão elas:

 

Residência Belotti – 1953

Projetada por Lolô Cornelsen em estilo Modernista, a casa refletia o Progresso da Capital Paranaense, com grande crescimento econômico e populacional na época. Hoje restaurada e aberta ao público, conta com um charmoso café.

Azul e vermelho, ta bom assim? Ainda mais linda com esse céu! #lolocornelsen #residenciabelotti #arquiteturacuritiba

A post shared by A L E O K A Z A K I (@ale_okazaki) on

Edifício Canadá – 1962

Projetado por Elgson Ribeiro Gomes, foi o primeiro edifício curitibano com apenas um apartamento por andar.

Sede da Emater  – PR – 1979

Luiz Forte Netto, Orlando Busarello e Dilva Cândida Slomp Busarello projetaram este edifício modernista levando em consideração a transição de densidades do entorno,  fazendo a fachada sul reta e vertical, voltada para a zona de alta densidade, e a fachada norte inclinada, na zona de baixa densidade.

📶

A post shared by Henrique Guerios (@hnrqvg) on

Muma – 1988

Projetado para abrigar um terminal de transportes pelo arquiteto Marcos Prado em 1977, o projeto foi alterado e hoje abriga o Museu Municipal de Arte de Curitiba.

Residência RB – 2004

Marcos Bertoldi projetou esta residência com melhor aproveitamento das vistas para o campo de golfe do clube vizinho e levando em consideração formato, legislações, dimensões e vizinhança.

Posted by Marcos Bertoldi Arquitetos on Sunday, January 17, 2016

 

Matéria escrita por Henrique Vons Guérios  @hnrqvg